Trusted Shops badge
  • (c) Kaupo Kikkas
    © Kaupo Kikkas

Orquestra do Festival de Budapeste: Tüür, Schumann, Sibelius

Budapeste, Müpa Budapest — Bela Bartok National Concert Hall

Os melhores lugares Dê isto como presente flexível

Seleccionar bilhetes

Preço Total
$ 61

Sobre o Evento

Mergulhe na deslumbrante arquitetura do deslumbrante Palácio das Artes de Budapeste para o derradeiro concerto destinado a despertar a sua compreensão da música clássica.

O crítico do Bachtrack comparou o concerto de Paavo Järvi a um "menu gourmet de três pratos". Este maestro estónio‐americano, galardoado com um Grammy, célebre por apresentar peças de Sibelius, Tüür e Beethoven, está agora pronto para encantar o público da BFO com outro programa cativante.

A viagem musical da noite começa com a abertura de concerto "Aditus" de Erkki‐Sven Tüür, escrita em 2000. Esta peça introspectiva debate‐se com questões existenciais. As suas melodias cromáticas, embora introspectivas, oferecem uma tela sobre a qual os ouvintes podem pintar as suas interpretações únicas. Tüür, reconhecido principalmente pelas suas composições instrumentais, elucida que "a música, como forma de arte abstrata, pode evocar visões diferentes para cada indivíduo, dada a nossa distinção". Em "Aditus", presta homenagem ao seu compatriota, Lepo Sumera, que faleceu no mesmo ano. A peça, emblemática de uma entrada ou aproximação, é construída a partir de semitons e sequências de notas subsequentes. Começa com uma base de metais e sinos tubulares, intermitentemente contrastada pelo flutuar etéreo das cordas. Eventualmente, surge uma secção ritmicamente rica, que conduz a uma estimulante cascata de timbres.

A seguir, o ambiente torna‐se mais leve com a vibrante sinfonia de Robert Schumann. Um testemunho da sua nova voz sinfónica após Beethoven, esta peça surgiu durante uma fase particularmente alegre e prolífica da vida de Schumann. Inicialmente concebida com títulos programáticos como "O início da primavera" e "primavera em plena floração", estes descritores, embora mais tarde omitidos, ecoam na vivacidade da sinfonia. O leitmotiv de metais é recorrente, tecendo a sua presença nas tensões de violino do movimento lento, no intenso trio scherzo e no jubiloso final.

O concerto culmina com a sinfonia mais amada de Jean Sibelius, que estreou durante as grandes celebrações do seu 50º aniversário em 1915. Sibelius, mesmo quando se debatia com problemas de saúde, imprimiu a esta composição um espírito de resiliência. A sinfonia é uma tapeçaria de movimentos principais, com o primeiro a fundir a abertura e o scherzo. Enquanto a sua superfície brilha com motivos arejados, por baixo dela fermenta a gravidade do movimento lento. O final, que lembra o majestoso bater de asas do cisne, culmina com o triunfo retumbante do tema do cisne.

Programação

  • Erkki‐Sven Tüür – Aditus
  • Robert Schumann – Symphony No. 1 in B‐flat major, op. 38 'Spring'
  • Jean Sibelius – Symphony No. 5 in E‐flat major op. 82
O programa está sujeito a alterações

Artistas

Condutor: Paavo Järvi

Grammy‐award winning Paavo Järvi has built a remarkable conducting reputation. Born in Tallinn, Estonia, he studied percussion and conducting at the Tallinn School of Music then, in 1980, moved to the USA where he continued his studies at the Curtis Institute of Music and at the Los Angeles Philharmonic Institute, with Leonard Bernstein.

In addition to his numerous permanent positions, Paavo Järvi is in much demand as a guest conductor appearing regularly with orchestras such as Chicago Symphony, Los Angeles, New York Philharmonic, Boston, Staatskapelle Dresden, La Scala and NHK Symphony.

Orquestra: Orquestra do Festival de Budapeste

Palace of Arts

MÜPA Budapest is a multipurpose cultural and arts centre, situated in the Millenium Quarter of Budapest. The former 'Palace of Arts' houses three cultural institutions - the Bartok National Concert Hall, the Festival Theatre, and the Ludwig Museum. Opened in 2005, the centre was immediately recognised for its state-of-the-art architecture and functionally sleek interior. The MÜPA's objective is to introduce modern arts while appreciating old traditions, and to make Hungarian art more accessible to a wider audience. The Bartok Concert Hall houses a magnificent organ, one of the largest in Europe. The complex presents events of many kinds, from opera to dance and concerts of contemporary music.

Morada

Müpa Budapest, Komor Marcell sétány 1., Budapeste, Hungary — Veja no Google Maps

Gift card